Notícias

31/08/2015 - Cobrança de pedágio na BR-163/MT terá início em 6 de setembro

A partir do dia 6 de setembro, motoristas que trafegarem pela BR-163, no Mato Grosso, começarão a pagar pedágio. O início da cobrança foi autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Conforme o órgão, a CRO (Concessionária Rota do Oeste) concluiu a duplicação de 10% do trecho, requisito para que as praças de pedágio começassem a funcionar.

A concessionária administra aproximadamente 850 quilômetros da BR-163, que atravessa dezenove municípios do Mato Grosso. A CRO, Sociedade de Propósito Específico constituída pelo consórcio Odebrecht Transport, venceu o leilão realizado em dezembro de 2013 e assumiu a rodovia em março de 2014. A concessão durará 30 anos.

Os valores básicos das tarifas, que serão cobradas nas nove praças de pedágio, são os seguintes:
P1 - Itiquira: R$ 4,00
P2 - Rondonópolis: R$ 4,50
P3 - Campo Verde / Santo Antônio do Leverger: R$ 3,70
P4 - Cuiabá / Santo Antônio do Leverger: R$ 3,60
P5 - Acorizal / Jangada: R$ 4,90
P7 - Nova Mutum: R$ 3,30
P8 - Lucas do Rio Verde: R$ 4,30

A ANTT ainda autorizou aumento no valor inicialmente previsto, devido à recomposição da inflação e à inclusão de obras não previstas no contrato. Entre elas, estão a adequação de travessias urbanas e a duplicação de 108 quilômetros de via, que eram responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Outro fator que pesou no aumento foi a isenção da tarifa para eixos suspensos, prevista na nova Lei dos Caminhoneiros (13.103/2015).

Moreflex Borrachas
Rod. RS 240, Km 06 - Cx. Postal 30 - Portão/RS - Brasil
Tel. (51) 3562-9500
     
Desenvolvimento INET Solutions - © Todos os direitos reservados - Moreflex Ltda - 2010