Notícias

17/03/2016 - Queda no valor da gasolina no mercado internacional não chega ao Brasil
Combustível está 36,5% mais caro do que o vendido em outros países, já a elevação do preço do diesel chega a 46%

Os preços dos combustíveis no Brasil dispararam exatamente no período em que o valor do barril de petróleo no mercado internacional despencou. Ou seja, a realidade é bem diferente de outros países onde a queda dos preços dos derivados do petróleo tornaram suas economias mais competitivas.

O Centro Brasileiro de Infraestrutura comparou os preços da gasolina e do diesel cobrados no Brasil e no mercado internacional. A gasolina brasileira é 36,5% mais cara do que a vendida lá fora e a diferença do preço do diesel é ainda maior: o combustível está 46% mais caro aqui.

Segundo a Petrobras, a política de preços da companhia busca o alinhamento entre os preços domésticos e internacionais, evitando refletir a volatilidade dos preços do petróleo e as oscilações no câmbio.

O economista Adriano Pires do Centro Brasileiro de Infraestrutura diz que o governo segurou o aumento do combustível enquanto a cotação do petróleo subia no mercado internacional. Era uma tentativa de reduzir o impacto na inflação. Adriano Pires diz que isso ajudou a colocar o caixa da Petrobras no vermelho.

O economista da universidade de Nova York Joseph Foudy explica que o preço dos combustíveis depende da política fiscal de cada país. As famílias americanas economizaram US$ 115 bilhões graças à queda dos preços dos combustíveis só no ano passado.

Nos Estados Unidos, o preço médio na bomba americana é de R$ 2,30 o litro. É bem mais em conta do que no Japão, onde o preço da gasolina também segue a cotação do petróleo.
Moreflex Borrachas
Rod. RS 240, Km 06 - Cx. Postal 30 - Portão/RS - Brasil
Tel. (51) 3562-9500
     
Desenvolvimento INET Solutions - © Todos os direitos reservados - Moreflex Ltda - 2010